Design de Interiores: a arte de transformar ambientes

A profissão de Designer de Interiores, é uma das profissões em alta nos últimos anos no Brasil e no mundo. O mercado de móveis e decoração registrou alta de 32% no ano de 2020, e mais de 500% na última década, segundo estudo realizado pela Fecomércio/SP.

Áreas de Atuação e Habilitações

O Designer de Interiores cuida de espaços internos, sejam estes residenciais, comerciais ou corporativos. A visão deste profissional é focada na estética e conforto dos ambientes, vale ressaltar que o conforto engloba: térmico, lumínico, acústico, entre outros fatores que podem tornar o ambiente mais eficiente e acolhedor.


Existem ainda fatores essenciais a se considerar no projeto, como: acessibilidade, legislação específica para cada uso, salubridade, e claro as necessidades de cada cliente. O projeto deve considerar a estrutura do edifício, localização, respeito ao meio ambiente, contexto social e legal do uso do espaço, e para que isso seja feito com eficiência, o profissional deve estar atento às entrevistas com o cliente, e o levantamento de dados do local onde será executado o projeto.



Na etapa de entrevista, é elaborado o briefing do projeto, um documento que vai elencar as necessidades do cliente. Nesta etapa o profissional também tentar observar o perfil dos usuários daquele espaço, e a necessidade dele para curto e longo prazo naquele ambiente. Após esta etapa, o levantamento do espaço é feito, levando em consideração medidas de todo o espaço, aberturas, altura, materiais utilizados, ventilação, iluminação, e qualquer outra informação que seja relevante para o processo de projeto. Por fim, chega a etapa de projetar, criando uma nova disposição de mobiliário para os espaços, materiais, iluminação adequada, cores, pisos, revestimentos, acessórios etc. O projeto pode ser apresentado em planta, mas o recurso 3D permite melhor visualização por parte do cliente, e consequentemente maior facilidade em aprovação pelo mesmo.


O Design de Interiores está habilitado para planejar o interior de vários tipos de ambientes: Hotéis, Clínicas e Hospitais, Lojas, Escolas, Faculdades, Espaços Públicos e uma infinidade de espaços que podem ser potencializados como ambientes eficientes e acolhedores.



O curso de Design de Interiores

Para exercer a profissão, o Designer de Interiores pode qualificar-se em cursos Técnicos ou Bacharelados, ministrados por instituições de ensino reconhecidas pelo Ministério da Educação. É o caso da Unicambury, que possui curso de Design de Interiores, onde o aluno após 2 anos, possui graduação em tecnólogo, atuando na área com dois certificados profissionais: Paisagista e Jardinagem e, Decorador de Ambientes e Cenografia.



O Curso de Design de Interiores Cambury