Graduação em Pedagogia: tudo que você precisa saber sobre o curso

Estudar Pedagogia é uma excelente escolha para o profissional que gosta de estar em contato com diversas pessoas, tem interesse em aprender cada vez mais e trocar conhecimento com os alunos e, é claro, marcar positivamente a vida de uma criança.


Desta forma, é uma profissão que tem várias áreas de atuação e diversas vantagens de carreira. A Pedagogia forma profissionais que trabalham com educação e aprendizagem. Existem duas principais áreas de atuação para pedagogos: o magistério e a administração escolar.

Consoante dados da Catho, é o terceiro curso de graduação mais procurado entre os estudantes do Ensino Superior, uma vez que o profissional pedagogo atua diretamente na formação escolar de diversos indivíduos em seus primeiros anos de vida, até o 5º ano do ensino básico. Consequentemente, ele contribui também para o desenvolvimento pessoal de inúmeras pessoas nessa importante etapa de crescimento. Além disso, o recém-formado é capaz de trabalhar em diversas outras áreas relacionadas à educação.

O curso de Pedagogia apresenta 4 anos de duração, sendo divididos em 8 períodos. Durante a graduação, o estudante tem contato com disciplinas que visam desenvolver a prática educativa, por meio de metodologias de ensino, planejamento pedagógico, execução do plano e avaliação das propostas aplicadas. Portanto, tal curso visa formar um profissional na área da educação de forma crítica, reflexiva e humana.


Segundo a Resolução Nº 2, de 20 de dezembro de 2019, define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Inicial de Professores para a Educação Básica e institui a Base Nacional Comum para a Formação Inicial de Professores da Educação Básica (BNC-Formação). Desta forma, fica estabelecido no Art. 4º As competências específicas se referem a três dimensões fundamentais, as quais, de modo interdependente e sem hierarquia, se integram e se complementam na ação docente. São elas: I - conhecimento profissional;

II - prática profissional;

e III - engajamento profissional.

§ 1º As competências específicas da dimensão do conhecimento profissional são as seguintes: I - dominar os objetos de conhecimento e saber como ensiná-los;

II - demonstrar conhecimento sobre os estudantes e como eles aprendem;

III - reconhecer os contextos de vida dos estudantes; e

IV - conhecer a estrutura e a governança dos sistemas educacionais.


§ 2º As competências específicas da dimensão da prática profissional compõem-se pelas seguintes ações:

I - planejar as ações de ensino que resultem em efetivas aprendizagens;

II - criar e saber gerir os ambientes de aprendizagem;

III - avaliar o desenvolvimento do educando, a aprendizagem e o ensino; e

IV - conduzir as práticas pedagógicas dos objetos do conhecimento, as competências e as habilidades.


§ 3º As competências específicas da dimensão do engajamento profissional podem ser assim discriminadas:

I - comprometer-se com o próprio desenvolvimento profissional;

II - comprometer-se com a aprendizagem dos estudantes e colocar em prática o princípio de que todos são capazes de aprender;

III - participar do Projeto Pedagógico da escola e da construção de valores democráticos; e IV - engajar-se profissionalmente, com as famílias e com a comunidade, visando melhorar o ambiente escolar.



As atuações do profissional formado em Pedagogia são variadas. Ele pode atuar em:

  • Sala de aula

  • Empresas

  • Gestão escolar

  • Hospitais

  • Educação Especial

  • Psicopedagogia

  • Academia e pesquisa científica

  • Elaboração de Materiais Didáticos


1 – Sala de Aula: O Pedagogo pode atuar da educação infantil séries iniciais e educação de jovens e adultos.

É importante ressaltar que o profissional precisa estar atualizado em relação às normas da BNCC, uma vez que ela potencializa políticas educacionais importantes que auxiliam na redução das desigualdades e garantem os direitos de aprendizagem.

2 – Empresas: Nas empresas, o pedagogo usa métodos pedagógicos para desenvolver profissional e pessoalmente os colaboradores. O objetivo principal é causar mudanças comportamentais e reconstruir conceitos básicos positivos, como empatia, criatividade e trabalho em equipe.

O principal papel do pedagogo na área empresarial é criar projetos de capacitação, coordenar equipes multidisciplinares e treinar colaboradores. É também preciso oferecer cursos, palestras e criar materiais que incentivem os trabalhadores, melhorando sua autoestima, motivação e, consequentemente, desempenho. É uma área com grandes chances de progressão na carreira e aumento salarial.


3 – Gestão Escolar: uma das áreas mais visadas do curso de pedagogia, pela boa remuneração, possibilitando que o profissional atue na área da Coordenação, Orientação Pedagógica Educacional e Direção.

São os gestores que supervisionam o corpo docente e garantem que a escola atinja seus objetivos. A gestão escolar se diferencia da administração porque tem como objetivo principal aumentar a eficiência dos processos institucionais e a qualidade do ensino.

4 – Hospitais: Nos hospitais, o pedagogo deve trabalhar na aprendizagem contínua de uma criança ou adolescente enfermo, impossibilitado de ir à escola por motivos de saúde.

A principal função do Pedagogo Hospitalar é garantir a continuidade do estudo do jovem para que não haja prejuízo no desenvolvimento dos estudos.


5 – Educação Especial: De acordo com a Legislação Brasileira, em especial a LDB 9.394/96, Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva e o decreto nº 7.611, de 17 de novembro de 201, decreta que o pedagogo deve atuar com o aluno que apresenta limitação no ensino-aprendizagem.

Tal profissional deve promover o desenvolvimento integral da criança, equilibrando aspectos afetivos e socioculturais.

Recomenda-se que o pedagogo que opte em trabalhar com a Educação Especial realize uma pós-graduação em Psicomotricidade, Neuropedagogia entre outros a fim de enriquecer o seu trabalho com os alunos.


6 – Psicopedagogia: O Psicopedagogo estuda os processos de aprendizagem de crianças e adultos. O profissional deve identificar os transtornos e as dificuldades que podem interferir na assimilação do conteúdo do aluno.

O profissional pode optar em seguir a carreira clínica ou escolar.


7 – Academia e pesquisa científica: O estudante de Pedagogia também pode seguir atuando no âmbito acadêmico com pesquisas em educação. O profissional analisa e identifica problemas educacionais e socioculturais com uma postura integrativa e investigativa em meio a realidades complexas.

8 – Elaboração de Materiais Didáticos: O pedagogo pode trabalhar em editoras especializadas em elaborar materiais educativos para crianças e adolescentes e ainda pode escrever seus próprios livros pedagógicos para enriquecer a relação de ensino-aprendizado.

Além disso, pode contribuir com o currículo de instituições, desde a concepção dos cursos até a definição do conteúdo a ser estudado.


Com o Modelo de Ensino Exclusivo Cambury, que tem foco no aprendizado e profissão, o aluno além do diploma, tem quatro certificações, uma a cada ano cursado.


  1. Formação em Docência: ABNCC em foco

  2. Formação em Administração e Supervisão Educacional

  3. Formação em Pedagogia Multiprofissional

  4. Formação em orientação educacional e psicopedagogia


Aqui você constrói seu currículo em tempo real, conforme você estuda.

Cambury, mais que um diploma, uma profissão.

3 visualizações