Novo curso: Farmácia na Cambury

A Farmácia é uma profissão tão antiga quanto à prática médica, pois desde o século X surgiram as primeiras boticas e os boticários, farmacêuticos da época, eram os únicos orientadores de pacientes nesses locais, os quais toda a população recorria para se tratar.

Nos dias de hoje, essa profissão continua com uma enorme relevância para a saúde humana e os farmacêuticos modernos continuam auxiliando no combate e prevenção de diversas doenças, por meio de muitas especialidades.



O farmacêutico é um profissional da saúde habilitado para trabalhar em uma área abrangente que envolve a produção de medicamentos, cosméticos e alimentos, atenção primária à saúde, orientação farmacêutica, análises laboratoriais diversas, vacinação e estética.


Áreas de Atuação e Habilitações

O Conselho Federal de Farmácia apresenta 135 especialidades dentro da profissão (isso mesmo! Cento e trinta e cinco!), todas elas agrupadas em 10 linhas de atuação, que são:

1) ALIMENTOS;

2) ANÁLISES CLÍNICO-LABORATORIAIS;

3) EDUCAÇÃO;

4) FARMÁCIA;

5) FARMÁCIA HOSPITALAR E CLÍNICA;

6) FARMÁCIA INDUSTRIAL;

7) GESTÃO;

8) PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES;

9) SAÚDE PÚBLICA;

10) TOXICOLOGIA.


Com uma área tão ampla, o farmacêutico pode trabalhar em farmácias comerciais, de manipulação e hospitalares; em laboratórios de análises clínicas, toxicológicas e de alimentos, tanto na área comercial, quanto na perícia criminal; em indústrias farmacêuticas, de alimentos, cosméticos e biotecnologia em geral; em vigilância sanitária e epidemiológica; em vacinações; no atendimento clínico a pacientes em farmácias, hospitais, consultórios particulares, em clínicas de estética; no ensino superior e pesquisa e na gestão relacionada à área farmacêutica. Em todos esses campos de trabalho, há ainda uma gama de áreas específicas que podem ser desenvolvidas.


O curso de Farmácia

O curso de Farmácia dura 5 anos e a formação acadêmica é estrutura nos eixos de Cuidado em Saúde; Tecnologia e Inovação em Saúde; e Gestão em Saúde, por meio de etapas teóricas e práticas ao longo do curso. Por se tratar de uma profissão ampla, o curso requer conhecimentos e o desenvolvimento de competências, habilidades e atitudes nas áreas de:

- Ciências Humanas e sociais aplicadas, ética e bioética;

- Ciências Exatas, como química, física, estatística e outros;

- Ciências Biológicas, contemplando o conhecimento do corpo humano em seus diferentes níveis, os agentes causadores de doenças e a biodiversidade, que é fonte de princípios ativos;

- Ciências da Saúde, individual, coletiva e epidemiológica;

- Ciências Farmacêuticas e suas tecnologias.