Quem fez Estética e Cosmética deve fazer Biomedicina?

Entenda porque a Biomedicina é uma oportunidade para você, profissional ou estudante do curso de Estética e Cosmética.

Você é aluno ou egresso do curso de Estética e Cosmética da Cambury? Então olha a oportunidade que temos para você:

A partir de agora, você pode fazer a graduação em Biomedicina com 20% de desconto na Cambury e turbinar ainda mais sua carreira profissional. Sabe o que é mais legal nisso tudo? O Modelo de Ensino Exclusivo Cambury não entrega só o diploma no final do curso. Durante sua vida acadêmica a Cambury te certifica por ano em quatro profissões:


- 1º Certificado de Profissão - Gestão Laboratorial e Saúde Pública - 2º Certificado de Profissão - Diagnóstico Molecular e por imagem - 3º Certificado de Profissão - Biomedicina Estética - 4º Certificado de Profissão - Análises Clínicas e Toxicológicas


Aqui você constrói seu currículo em tempo real, conforme você estuda.


Um curso de Estética é equivalente ao de Biomedicina?

A área de estética é uma das mais promissoras em todo o mundo. Novas tecnologias surgem o tempo todo e, com elas, também cresce o interesse do público (seja ele feminino ou masculino) por procedimentos e produtos que possam melhorar a autoestima. O Brasil é, inclusive, um dos primeiros colocados no ranking do mercado de estética.

A Biomedicina, no entanto, é um curso com objetivos ainda mais abrangentes. O profissional biomédico pode realizar uma série de procedimentos e ir muito além na pesquisa e no desenvolvimento de fármacos para as finalidades estéticas. Portanto, os cursos são complementares, mas não equivalentes.





Por que investir nessa graduação?

A Biomedicina Estética passou a ser uma realidade a partir de 2010, quando uma série de decisões (como as resoluções nº 197 e nº 200) foram tomadas em órgãos competentes e deram a esses profissionais o direito de lidar com questões voltadas ao campo estético. A partir dessas normas, ficou acertado que os biomédicos podem realizar procedimentos estéticos (como a laserterapia, a carboxiterapia, a aplicação de toxina botulínica, entre outros), prescrever medicações para essa finalidade e, claro, realizar consultas e avaliações estéticas. Tudo isso, evidentemente, respeitando os limites impostos pela lei e em conjunto com outros profissionais, como dermatologistas. Além disso, esse especialista também pode atuar na pesquisa e na criação de dermocosméticos, além do desenvolvimento de novos procedimentos e estratégias para otimizar o dia a dia da prática clínica e melhorar os resultados obtidos pelos pacientes. Cabe a eles, também, a responsabilidade de lecionar, se desejarem, em cursos especializantes sobre o tema.

Com tudo isso, fica uma pergunta: por que voltar a estudar e investir em uma graduação na área da Biomedicina? Ora, é muito simples! Como mencionado anteriormente, o mercado de estética é um dos maiores do mundo e o Brasil está bombando nesse aspecto. Sendo assim, se tornar um biomédico especializado nessa área é uma ótima oportunidade de crescimento profissional e que traz, também, uma boa remuneração.

Esse profissional tem a média salarial de R$ 2654,25 para 40h semanais trabalhadas. Porém, quando é especializado em procedimentos estéticos, pode conquistar remunerações de